Mais de 70 mil contratos a juro zero foram oferecidos no 1º semestre.

Estudante deve complementar inscrição a partir desta quinta-feira (27) até o dia 2 de março.

Resultado do Fies foi divulgado na noite desta quarta-feira (26) Reprodução/Fies Os resultados para o 1º semestre de 2020 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) foram divulgados na noite desta quarta-feira (26) pelo Ministério da Educação (MEC).

Para o primeiro semestre, foram ofertados 70 mil contratos a juro zero.

Já no segundo semestre de 2020, serão oferecidos 30 mil novos contratos.

Para o P-Fies não há limite pré-estabelecido de vagas. MEC prevê reduzir número de vagas do Fies a partir de 2021 Inadimplência do Fies aumentou cerca de 23% após programa de renegociação Estudantes que fizeram o Enem a partir de 2010 podem se candidatar ao financiamento. No Fies, o estudante deve complementar a inscrição pelo site do programa a partir de quinta-feira (27) e 2 de março. Como consultar o resultado Os resultados podem ser conferidos pela internet no endereço: http://fies.mec.gov.br/ O estudante deverá possuir uma conta no GOV.BR, e acessar o resultado com o CPF.

Cronograma do primeiro semestre do Fies 2020: Inscrições: 5 a 14 de fevereiro Pré-seleção: 26 de fevereiro Complementação da inscrição na modalidade Fies: 27 de fevereiro a 2 de março de 2020 Chamada da lista de espera: 26 de fevereiro a 31 de março Diferença entre Fies e P-fies Na modalidade Fies, são oferecidas vagas com juro zero para os estudantes com uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos (R$ 3.135 – pelo salário mínimo nacional). Já a modalidade P-Fies se destina a estudantes com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos (R$ 5.225 – pelo salário mínimo nacional).

Eles podem receber um empréstimo a juros relativamente baixos, variando de acordo com o banco que atua como agente financeiro. Vale lembrar que, em dezembro de 2019, o governo anunciou mudanças nos dois programas, mas elas só serão válidas no segundo semestre deste ano para o P-Fies e a partir de 2021 para o Fies.