Prefeitura autorizou a compra dos produtos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar.

Alimentos são adquiridos de produtores locais.

Kits com alimentos de produtores locais serão distribuídos em Extrema (MG) para alunos da rede municipal Distribuição/Prefeitura de Extrema A Prefeitura de Extrema (MG) vai distribuir kits de alimentos para estudantes da rede municipal de ensino.

Segundo a administração municipal, a medida foi tomada para que os alunos tenham alimentação adequada durante o período de suspensão das aulas devido à pandemia do novo coronavírus.

Serão beneficiados para estudantes das escolas municipais em que as famílias façam parte do programa Bolsa Família.

A prefeitura informa que caso família não esteja no requisito e precise do benefício, basta entrar em contato com a secretaria de assistência social do município e fazer um cadastro.

Desta forma, os casos serão analisados.

Produtores locais Para que os kits sejam distribuídos, a prefeitura autorizou a compra e a distribuição dos gêneros alimentícios adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Segundo a administração municipal, os alimentos são adquiridos diretamente da agricultura familiar, cujo cultivo da terra é realizado por pequenos proprietários rurais e tendo como mão de obra essencialmente o núcleo familiar.

O conjunto de hortifrúti, que virá de 23 agricultores do município, contém batata, mandioca, mandioquinha, chuchu, abobrinha, banana, brócolis, alface, cheiro verde, limão e iogurte. Coronavírus em Extrema De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Extrema, a cidade contabiliza 42 casos positivos do novo coronavírus, sendo três mortes causadas pela doença. Segundo a prefeitura, deste total, além dos óbitos, 25 pacientes já estão curados, nove se encontram em isolamento domiciliar e outros cinco seguem internados.

Um dos motivos para o número elevado de confirmações na cidade, segundo a secretaria municipal de saúde, pode ser a aplicação de testes rápidos no município.

Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas